Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > A história em preto e branco periódicos no Brasil do século XIX
Início do conteúdo da página

A história em preto e branco: periódicos no Brasil do século XIX

Publicado: Quinta, 20 de Outubro de 2016, 13h14 | Última atualização em Terça, 10 de Janeiro de 2017, 07h59 | Acessos: 155

 


periodicos 

 

Ao contrário da América espanhola, onde a presença de ensino superior e imprensa periódica se deu desde as etapas iniciais da ocupação, a repressão intransigente sobre tentativas de ampliação da educação e difusão de ideias fez-se presente de forma marcante durante todo o período colonial na América portuguesa, a despeito da fundação de academias literárias e do fomento a algumas atividades científicas, intensificadas na segunda metade do século XVIII. Apenas com a transferência da Corte para o Rio de Janeiro (1808) a existência da imprensa tornou-se uma possibilidade concreta. Isso ocorre não apenas devido à chegada da tipografia trazida pelo conde da Barca, mas pelas necessidades de produção de documentação impressa, inerente à burocracia administrativa recentemente implantada.

 

 

 


 

 
Créditos
 
 
Ficha Técnica
 
 
Notao das Imagens
 




Fim do conteúdo da página